"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

terça-feira, 25 de junho de 2013

A NATUREZA DO MAL E O MAL EM SI.


Os dias passam, a violência dos protestos continua,e as teorias sobre aquilo que está acontecendo aumentam. Ontem surgiu fato novo? Surgiu, sim. Completamente sem perspectiva de como agir a presidente da república sugeriu uma nova Constituinte! Parcial; disseram ela e seus assessores, mas ainda sim uma nova Constituinte.
Não posso aqui prender a atenção do leitor escrevendo sobre matéria que não domino. Perguntem-me sobre a vinda de médicos cubanos e, aí sim, me sinto em casa - mas fiquei com vontade de colocar algumas coisas no papel e então...lá vai..
Por ocasião dos primeiros escândalos protagonizados pelos petralhas, grande parte da militância afastou-se do Partido-Religião. Aqui no Rio Grande do Sul, essas pessoas passaram a ser chamadas de viúvas - “viúvas do PT”. Piadinhas à parte, o que a brincadeira demonstrava é que de alguma maneira esses ex-militantes acreditavam que o partido tinha se “vendido”, que ele havia se “desviado para direita”...enfim; que o PT não era mais o mesmo. Até hoje existem aqueles que pensam assim. São pessoas que veem num aperto de mão com Sarney ou num abraço a Maluf uma “grande mudança”, uma espécie de “traição” ou coisa que o valha. Parto daí para dar rumo ao artigo afirmando o seguinte – o Partido dos Trabalhadores jamais “mudou”..ele sempre foi, está sendo e vai ser o mesmo – uma organização revolucionária capaz de literalmente fazer qualquer coisa, mas qualquer coisa mesmo, para se manter no poder.
Hoje, em seu blog, Reinaldo Azevedo avisou do risco que existe numa espécie de torção à esquerda por parte dessa gente para desviar a atenção pública daquilo que está acontecendo e o ministro do Supremo, Gilmar Mendes, avisou que estamos acordando como se fossemos a Venezuela.
Trago essas duas informações para dizer, mais uma vez e incansavelmente, o seguinte:
A.190 milhões de imbecis que vivem estudando inglês, que mal sabem ler em português e acham que falam espanhol, capazes de largar tudo para assistir o último capítulo de Avenida Brasil,não se “acordam” de um dia para o outro brabos por causa do SUS, do preço da passagem de ônibus,ou dos gastos com a Copa.
B – o PT é uma organização revolucionária, associada ao narcotráfico e comandada pelo Foro de São Paulo. Eu afirmo isso por que ajudei essa escória a chegar ao poder em Porto Alegre em 88.
C – O fato recente mais importante na história política do PT, e portanto de todo país, chama-se Julgamento do Mensalão.
Some-se A+ B+C e conclui-se com facilidade o seguinte – que a natureza do PT é uma só, que seu objetivo é permanecer no poder a qualquer custo, que não há oposição no país, e que esse processo todo de badernas e saques nas ruas foi desencadeado por ele mesmo.
O fim da oposição a um governo é o fim da própria democracia. Existem duas maneiras de conseguir isso: A primeira é com tanques nas ruas. A segunda é acabando com a esperança de um povo de que fazer oposição é politicamente possível. O PT consegui isso: matou a esperança da sociedade na própria política como uma alternativa à barbárie. Mayra Vivian e os fanáticos do Movimento Passe Livre são pobres-diabos..Diabinhos trotskistas usados pelo PT que pensam que estão brabos com o governo federal por considerá-lo, vejam só, um governo de “direita”!
Chamar, nesse momento, um plebiscito e uma nova Constituinte no Brasil é muito mais do que “trocar o pneu com o carro andando” ou “mudar as regras durante o jogo” - é a lembrança de que o país é governado por facínoras que nos levam todos em direção a realidade da Bolívia e da Venezuela – países onde pelo menos já se sabe que o problema maior é o próprio governo e a sua natureza é o mal em si...

Dedicado aos católicos, caso eles ainda existam..


Porto Alegre, 25 de junho de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.