"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 31 de maio de 2013

CIÊNCIA A SERVIÇO DA IDEOLOGIA

Caros amigos do Recanto das Letras,para todos aqueles que se interessam em desmascarar a fraude do Aquecimento Global uma dica: leiam o artigo intitulado “Ciência a Serviço da Ideologia” escrito pelo físico,membro da União Geofísica Americana e da Sociedade Americana de Meteorologia, Norman Rogers. Originalmente o autor tinha a intenção de apresentar um contraponto ao chamado National Climate Assessment – comitê de “cientistas” financiados com dinheiro federal nos EUA para estudar mudanças do clima e seu impacto. O texto está disponível na página de hoje do American Thinker na internet. Garanto a todos que é um duríssimo recado para aqueles que Rogers apresenta como defensores da “junk science” – um tipo de cientista que aqui no Brasil faz muito sucesso e que tem no CNPQ do B o seu reduto. Nos EUA, diz o autor,existe toda uma burocracia estatal que vive do medo do aquecimento global e que criou uma verdadeira “mina de ouro” para os ambientalistas, políticos, burocratas e produtores de etanol. O texto tem três páginas e, assim que puder, pretendo traduzi-lo para o português. Uma das partes mais impressionantes, e ao mesmo tempo acessíveis, é aquela em que o autor apresenta a associação ridícula que vem se fazendo no mundo inteiro entre Aquecimento Global e os chamados Fenômenos de Tempo Severo. Rogers deixa claro que os furacões, tempestades e inundações tem como fundamento básico na sua causa a diferença de temperatura entre os polos do planeta e a linha do equador. Se o aquecimento global fosse uma realidade,esta diferença deveria diminuir; não aumentar. Nessa linha de raciocínio, os fenômenos dentro da definição de “tempo severo” deveriam ser menos,e não mais frequentes como querem todos os ambientalistas e apóstolos da tese do efeito estufa.Para todo mundo que se interessa pelo tema e que sabe como o assunto serve para desviar dinheiro público aqui mesmo,no Brasil, o artigo é imperdível.

cardiopires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.