"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 7 de março de 2014

RESPOSTA AO GOVERNADOR TARSO GENRO



O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), disse nesta quinta-feira, 13, que o povo brasileiro é "devedor do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra)". O governador foi uma das primeiras autoridades a discursar no VI Congresso Nacional do MST, que ocorre nesta semana, em Brasília.
"O povo brasileiro é devedor do MST. Se é verdade que no Brasil algum movimento popular teve influência nas grandes decisões de Estado, não podemos nos esquecer que o MST esteve sempre na raiz, no impulso desses movimentos", disse Tarso Genro.
"Na democracia, os movimentos com bandeira, direção, programa e rosto, são os movimentos que têm capacidade de mudar e aprofundar a revolução democrática em nosso País", prosseguiu, sendo interrompido por aplausos.
Na manhã desta quinta-feira, a presidente Dilma Rousseff e ministros receberam no Palácio do Planalto integrantes do movimento e ouviram uma série de queixas quanto à política agrícola do governo federal.
O congresso do MST ocorre no ginásio Nilson Nelson, no centro de Brasília, espaço destinado para partidas de vôlei e basquete.
fonte - http://br.noticias.yahoo.com/povo-brasileiro-%C3%A9-39-devedor-mst-39-diz-210300135.html#

RESPOSTA AO GOVERNADOR TARSO GENRO.

Excelentíssimo Sr.Governador do Estado do Rio Grande do Sul
Dr.Tarso Genro.

Considerando recentes declarações do dia 13 de fevereiro de 2014 em que o senhor afirma: "O povo brasileiro é devedor do MST. Se é verdade que no Brasil algum movimento popular teve influência nas grandes decisões de Estado, não podemos nos esquecer que o MST esteve sempre na raiz, no impulso desses movimentos” declaro eu o seguinte:

Define-se como “Projeção (em psiquiatria e psicologia)o processo mental pelo qual as características que estão ligadas ao eu são gradativamente afastadas deste em direção a outros objetos e pessoas. Essas projeções tendem a deslocar-se em direção a objetos e pessoas cujas qualidades e características são mais adequadas para encaixar o material deslocado.

Entendendo que o senhor “projeta” sobre todo país aquilo que é uma dívida sua e de seus correligionários com uma organização criminosa como o Movimento Sem Terra, esclareço ao senhor que nenhum brasileiro, preto ou branco, rico ou pobre, honesto ou criminoso deve absolutamente coisa alguma a esses bandidos, ao senhor ou a essa instituição associada ao narcotráfico que, comandada pelo Fórum de São Paulo, apresenta-se à toda nação como Partido dos Trabalhadores..

Desejando-lhe os nossos melhores votos de que o Senhor vá para Puta que o Pariu, subscrevemo-nos:

Atenciosamente,

Milton Pires & Inglourious Doctor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.