"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 4 de julho de 2014

TERRA DE NINGÚEM


Milton Pires

20 de novembro de 1971: desaba, no Rio de Janeiro, o Elevado da Avenida Paulo de Frontin matando 28 pessoas e ferindo outras 30, além de esmagar 17 automóveis, três táxis, um caminhão e um ônibus. A tragédia ocorreu quando um caminhão-betoneira, com oito toneladas de cimento e pedra, passava sobre o elevado em construção. Alguém lembra disso? Se lembrarem, peço que comentem o artigo que iniciei dessa maneria porque eu mesmo não consigo recordar..eu era uma criança e só fiquei sabendo disso por curiosidade...Certa vez eu quis entender a razão de chorarem as “Marias e Clarices” na voz da Elis Regina e busquei saber também qual o motivo para Chico dizer ao vagabundo - “cuidado com o viaduto..cuidado com o avião”...rsss
Mais velho e já “crescidinho”, gravei de um filme americano de ação a fala de um bandido que, usando máscaras de ex-presidentes, assaltava bancos com sua gangue de surfistas. Disse o sujeito dando uma risada e olhando parar o agente do FBI que tentava prendê-lo: “a vida às vezes tem um senso de humor doentio, não tem?”
Eu não sei se a vida tem “senso de humor”..Senso de humor poderia ter alguém – Deus, eu suponho – se controlasse nossa vida como fantoches, mas digam-me vocês: é ou não é cômico, se nós conseguirmos esquecer a morte e o sofrimento das pessoas feridas, o luto dos parentes e a impunidade da legião de vagabundos que iniciaram às pressas a obra de Belo Horizonte, que o governo mais corrupto e totalitário que essa nação já teve seja envergonhado perante o mundo todo com essa tragédia quando os Chicos e Caetanos, quando toda intelectualidade e oposição da década de 70, entrou para história colocando em letra de música um evento semelhante?
Nada, absolutamente nada vai acontecer com os responsáveis pela obra que desabou ontem em Belo Horizonte! O que aconteceu com os responsáveis pela tragédia da Boate Kiss?? O que aconteceu com o desastre do avião da TAM? O que aconteceu com os responsáveis finais (aqueles que ocupavam cargos públicos) nesse prostíbulo disfarçado de país que tornou-se o Brasil ??
Como pode, pergunto eu, algum jornalista cretino escrever que a Copa foi um sucesso depois do que aconteceu ontem?? Será que pensam que alguém é idiota? Era necessário que o maldito viaduto desabasse em cima do ônibus da seleção da argentina para que, aí sim, tragédia suficiente fosse declarada?
Tudo que a televisão ontem à tarde mostrou vai ser esquecido ..tudo passa e tudo sempre passará..Ao invés de viadutos deveriam fazer sambas sobre passarelas pois é numa legítima passarela do tempo que o Brasil se tornou. Hipnotizada pela partida entre Brasil e Colômbia, jogo que melhor seria apitado pela polícia federal, já que envolve o maior produtor e o maior distribuidor de cocaína do mundo, a nação tudo assiste bestificada. Redes de televisão existem que, de tão bem pagas pelo PT, afirmaram ontem à noite que os brasileiros se sentem orgulhosos por causa da Copa e, ato contínuo, anunciaram a melhora dos percentuais de Dilma como candidata nas pesquisas de intenção de voto. Por que não dizem isso às pessoas feridas em Belo Horizonte? Por que não visitam, Lula ou Dilma, os familiares dos que foram esmagados por toneladas de concreto? Vai haver “psicóloga” visitando essas pessoas? Um minuto de silêncio será feito em Fortaleza?O Brasil petista, meus amigos, é a mais vagabunda de todas as nações e vitória em campo algum, gol de placa ou estádio lotado pode esconder essa desgraça. De 1971 até hoje, 43 anos se passaram e a capacidade do brasileiro de tirar qualquer lição do sofrimento, de guardar qualquer memória da dor e da morte continua nula como sempre. Não houve eleição ou mudança de regime capaz de mudar isso e afirmo eu, não haverá, enquanto a sociedade brasileira não parar de oscilar, como um doente bipolar, entre o “lúdico e o obrigatório”..enquanto cada fato novo capaz de prender a atenção das pessoas não se definir como algo gostoso ou muito ruim...Digo, em outras palavras, que é entre a bunda da mulata e o imposto de renda que vivemos todos nós..entre o valor do ingresso para o futebol e a conta atrasada do dentista..entre o tênis Nike e o metrô lotado...Tudo que poderia ser visto como espaço público e interesse comum..tudo capaz de lembrar vida em sociedade e o próprio conceito de nação oscila entre nosso medo da dor e a nossa tara pelo prazer..É uma zona cinzenta como poucas vezes se viu onde vagam aqueles que ainda não morreram mas que nunca tiveram coragem de ir para guerra e finalmente lutar...a famosa Terra de Ninguém..

Em memória das pessoas que morreram em 71..naquela época, talvez houvesse memória..

Porto Alegre, 4 de julho de 2014



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.