"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Soneto de Fidelidade Petista


Milton Pires
De tudo ao meu partido tirarei provento
Antes, e com tal gana, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior espanto
Dele se ressinta mais meu afastamento.
Quero louvá-lo como um jumento
E ao seu sabor hei de ficar de canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar no meu depoimento
E assim, quando mais tarde me torture
Quem sabe a sorte, angústia de quem finge
Quem sabe a prisão, fim de quem trama
Eu possa lhe dizer da dor (que tive):
Que não seja ilegal, vinda da lama 
Mas seja lição pra quem me dedure.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.