"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

NÃO TEM ACORDO COM VAGABUNDO PETISTA !


COMUNICADO À NAÇÃO 
Movimento Brasil Caminhoneiros, Empresários Caminhoneiros e Caminhoneiros Autônomos, unidos, vêm a público comunicar que essa greve, esse protesto dos caminhoneiros que está se intensificando por todo o Brasil, se estende desde 13 de novembro de 2.014 quando na ocasião divulgamos que seria somente por 24 horas, cuja ação se transformou em operação “tartaruga”. Na Ocasião a União Nacional dos Caminhoneiros, cujo presidente, pelego, que atende pela alcunha de “China”, refugou alegando que o alerta era falso e se tratava de boato e que iria nos processar por estar usando ilegalmente o nome da entidade.
Esclarecemos ao tal “China“ que a União Caminhoneiros, na realidade, somos nós que contribuímos, sustentando-o com nossas contribuições e que muito pouco ou quase nada vem fazendo pela nossa causa, uma vez que está alinhado a essa facção que aparelhou os três poderes da República.
Reiterando o manifesto da ocasião, notifica que o protesto é motivado para destituição ou exoneração imediata do atual desgoverno e seu aparelhamento estatal, bem como extensiva às suas coligações facciosas.
O protesto que agora se amplia intensamente e só voltará à normalidade quando houver a interferência ou intervenção imediata das Forças Armadas, a favor do povo que exige o fechamento do Congresso para reformas de base:
Na política, com apenas dois partidos e redução de congressistas. Na tributária e no judiciário com reformas administrativas, bem como reformulação do código penal.
Os caminhoneiros também se juntam aos quase 60 milhões de eleitores que protestam pelas escandalosas fraudes nas eleições, lesando a maioria dos eleitores convictos das urnas surrupiadas a favor de uma candidata que, a qualquer custo, usurpa o poder para a implantação de um comunismo bolivariano, alinhando-se a ditadores, vilões que dominam nações pelo mundo afora, em especial a Cuba e Venezuela.
Esse desgoverno usurpador vem causando prejuízos de bilhões de dólares, com inúmeros desfalques oriundos dos tributos no Tesouro Nacional, nas estatais, inclusive na Petrobrás e obrigando a categoria e o povo em geral a pagar esses desvios nos constantes aumentos dos combustíveis, sem considerar o repasse nos preços dos alimentos, nos elevados custos de pneus, de IPVAs e pedágios exorbitantes e sem retornos na melhoria das péssimas rodovias que partem do Centro-Oeste, rumo ao Norte do País. Dos assaltos e sequestros rotineiros das cargas que transportam. Sem contar, ainda, às longas filas de espera para assentar os contêineres, nos principais portos do Brasil.
Empresários dos transportes de cargas e seus caminhoneiros autônomos notificam que pesam ameaças para o bloqueio das rodovias, fato esse que, havendo congestionamento nas rodovias, será permitida pelo acostamento à passagem somente para ambulâncias em trânsito às cidades próximas. Deverão se precaver os motoristas de carretas com mercadorias perecíveis, aconselhando-os que não transitem em quanto perdurar a greve. Deverão se precaver também os seguranças, nos serviços de escoltas, o estado de guerra e atuação de legítima defesa, contra ativistas vermelhos como a ilegítima Guarda Nacional, MST e seus lacaios Black Blocs, declarados inimigos ferrenhos dos cidadãos patriotas que trabalham, produzem e recolhem seus impostos, também de forma extorsiva.
Neste manifesto não há líderes para negociar com os tiranos no poder. Somos todos por um e um por todos. Unidos no pensamento e nos objetivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.