"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

segunda-feira, 29 de junho de 2015

PESSOAL DA NYU DESESPERADO !

29/06/2015 17h35 - Atualizado em 29/06/2015 17h35

Dilma dá calote de US$ 300 milhões em universidades

 
6
Às vésperas da visita da presidente Dilma Rousseff à Casa Branca, o programa Ciência sem Fronteiras, principal bandeira do governo federal na área de Educação, causou uma saia justa com os Estados Unidos.
O desconforto ocorreu devido aos permanentes atrasos dos pagamentos de mensalidades e taxas para as universidades americanas que participam do programa. A dívida relativa apenas ao primeiro semestre deste ano já supera US$ 300 milhões, além de cerca de US$ 40 milhões do segundo semestre de 2014.
De acordo com a Folha de S. Paulo desta segunda-feira, a Casa Branca entrou em contato com o governo brasileiro e advertiu que o país precisa saldas as dívidas, porque isso poderia acabar vindo a público e prejudicar a visita.
Segundo a reportagem, a maior vítima de atrasos de pagamento era a Universidade da Califórnia. Já haviam sido relatados atrasos dos pagamentos de ajuda de custo do Brasil aos bolsistas do programa. Dilma se encontra com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para um jantar no início da noite de hoje em Washington. A petista está no país desde o último sábado (27), em viagem oficial.
Os pagamentos são feitos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ligada ao Ministério da Educação para a Fulbright-Institute of International Education, que repassa às universidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.