"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

domingo, 27 de setembro de 2015

Julio Severo: Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco

Julio Severo: Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco: Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco Lucas Banzoli Poucos meses após ter excomungado o cardeal Odilo Scherer ( veja aqui ), o...

26 de setembro de 2015


Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco


Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco

Lucas Banzoli
Poucos meses após ter excomungado o cardeal Odilo Scherer (veja aqui), o Mestre da Virgínia não freou seu ímpeto e colocou o próprio papa Francisco no “rol dos heréticos”, e mediante sua interpretação pessoal do Código de Direito Canônico de João Paulo II descobriu aquilo que nenhum católico sabe, exceto os iluminados olavetes – “esse homem não é papa coisíssima nenhuma”:
Papa Francisco, desesperado em saber via facebook que está excomungado
Só quem acha que o papa Francisco é “papa mesmo” é essa maldita mídia anticatólica:
Já está dado o recado: se você católico pretende ser padre, bispo, cardeal ou papa, vai ter que passar primeiro pela aprovação do Mestre da Virgínia. Fique esperto.
Conclusão: os evangélicos não podem fazer interpretação pessoal da Bíblia e descobrir que o papado é herético, mas os olavetes podem fazer interpretação pessoal do Código de Direito Canônico e descobrir que o papa é herege.
Os olavetes creem ser católicos ortodoxos e leais a Roma, mas ainda não se deram conta de que estão usando o mesmo princípio técnico dos protestantes, dos veterocatólicos e dos sedevacantistas: que o papa é falível. A diferença entre um olavete e um sedevacantista é mínima: enquanto o sedevacantista crê que todos os últimos papas eram hereges, os olavetes creem que apenas este último que é. Mas se os próximos papas forem à la Francisco, a diferença se reduzirá a nada.
E mesmo excomungando o próprio papa(!), eles ainda querem ter moral pra acusar os protestantes de “divisão”. Quer dizer: se um evangélico considera um evangélico de outra denominação “herege”, é divisão. Mas se um católico considera o próprio papa um herege, não tem nada de divisão aí não. São só os seus olhos. Em termos simples: católicos podem brigar, berrar, espernear, crer em coisas diferentes, interpretar o Código de Direito Canônico de acordo com seu próprio ponto de vista e opinião, e até mesmo excomungar o papa, que isso se chama “unidade”. Mas se os evangélicos fizerem coisa parecida entre si, aí é “divisão satânica”.
Antes de terminar, um pequeno comentário sobre a mais nova polêmica olavete. O Mestre da Virgínia soltou seus zumbis adestrados pra cima dos líderes do MBL (Movimento Brasil Livre), tudo porque eles tiraram uma foto com FHC:
Por outro lado, o papa tirou foto com Hitler:
E João Paulo II se reunia com líderes islâmicos terroristas e beijava o Alcorão, livro que manda assassinar os cristãos e os judeus “onde quer que eles estejam”:
Conclusão do olavete: quando o papa se reúne com Hitler e tira foto com ele, é tudo mera diplomacia e pragmatismo. Quando João Paulo II se reúne com líderes islâmicos terroristas e tira foto beijando um livro que manda exterminar cristãos e judeus, é tudo mera diplomacia e pragmatismo. Mas se o Kim Kataguiri e o Fábio Ostermann se reúnem com tucanos e tiram foto com FHC, páááááááááááááára tudo que o mundo acabou!!! Traidores!!! Tucanos!!! Vagabundos!!! #OlavoTemRazao!!!
E assim caminha a mediocridade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.