"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

domingo, 31 de janeiro de 2016

MÉDICO PETISTA ESFAQUEIA COLEGA DA SANTA CASA EM PONTES E LACERDA NO MATO GROSSO

















30 de janeiro de 2016
|
Postado em:

Uma discussão entre dois médicos que trabalham na Santa Casa de Pontes e Lacerda acabou, literalmente, no hospital na tarde deste sábado (30/01). Após a troca de ofensas evoluir para agressão física, um dos profissionais usou uma faca contra o outro. O golpe que atingiu o punho causou um ferimento profundo.
Os médicos, Luiz Azambuja e Luiz de Lima já se desentendiam há alguns meses. Segundo informações, desde que o Dr. Luiz de Lima arrombou o armário de uso pessoal do Azambuja, sem autorização.
Na tarde de hoje, segundo testemunhas, Lima estava de plantão e, ao sair do hospital, encontrou Azambuja e os dois começaram a discutir. O clima “esquentou” e os médicos partiram para agressão física, até que Lima desferiu golpes de faca que atingiram o ombro e o punho do outro envolvido.
Após o caso, Luiz de Lima se dirigiu até a Delegacia para registrar um Boletim de Ocorrências contra o outro médico. Ele afirmou que usou a faca para de defender e que se sentiu ameaçado. Declarou, ainda, que o Dr. Luiz Azambuja estava “totalmente embriagado e fora de controle emocional”.
A direção da Santa Casa não permitiu que o médico continuasse no plantão, sendo substituído.
O agressor está há pouco tempo em Pontes e Lacerda. Ele veio do sudeste do Paraná, onde, filiado ao PT, foi prefeito do municipio de São João do Triunfo por dois mandatos, de 2005 a 2012.
Mesmo chegando recentemente, Dr. Luiz de Lima foi um dos articuladores de uma chapa de oposição que tentou concorrer à direção do Hospital nas eleições do final do ano passado.
Com essa agressão, o médico pode responder pelo crime de tentativa de homicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.