"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

GUARDA MUNICIPAL ENCONTRA CANHÃO

Canhão obuseiro 55 milímetros é encontrado por guardas municipais de Jundiaí em caminhão Baú na Vila Arens

Um canhão de uso exclusivo do Exército Brasileiro foi encontrado por guardas municipais nesta sexta-feira (26) depois que testemunhas visualizaram o transporte do armamento de uma caminhonete para um caminhão baú.
Segundo relato, dois comerciantes que estavam pela rua Leonardo Scarpin, na Vila Arens, estranharam o transporte de um canhão sem ter a presença de um representante do exército e ligaram para o telefone 153 da Guarda Municipal.

Uma equipe que conduzia dois jovens acusados de roubar um estudante em um atacadista foi parada pelos comerciantes. Os guardas Jonas, Lima e Gadelha com a supervisão do Inspetor Benedito Marcos Moreno averiguaram a procedência do canhão e foi informado pelo motorista do caminhão baú que levaria o equipamento de artilharia até a cidade de Petrolina em Pernambuco para o seu dono.

O que causou estranheza nos guardas foi que o canhão não tinha nenhum tipo de documento ou autorização para o transporte. Lembrando que somente o Exército fornece a autorização para o transporte desse equipamento.
O motorista que se mostrou surpreso com as informações passadas pelos guardas foi encaminhado juntamente com o caminhão baú até a Delegacia de Investigações Gerais –DIG.

Por lá ficou apurado que o proprietário do canhão é morador em Petrolina e é colecionador, porém o motorista não soube explicar sobre os documentos.
Após ouvir o motorista, o Delegado o liberou e apreendeu o armamento que será encaminhado até o 12º G.A.C

Segundo informações, o equipamento apreendido é um Canhão obuseiro 55 milímetros usado na Segunda Guerra Mundial. Hoje em dia ele é usado casualmente em salva de armas em eventos militares.
por Luciano Guerino

FONTE DA NOTÍCIA - AMIGOS DA GUARDA CIVIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.