"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

terça-feira, 24 de maio de 2016

FINALMENTE ! GRAÇAS A DEUS, UMA BASE AMERICANA NA TRÍPLICE FRONTEIRA

BASE AMERICANA será construída na TRÍPLICE FRONTEIRA em território argentino.

Após a visita de Obama no mês passado,  o presidente Maurício Macri acelerou as negociações para permitir que os norte-americanos construam duas bases militares em território argentino.
Uma base americana na Argentina seria construída nas proximidades da tríplice fronteira e outra bem mais ao sul, provavelmente nas proximidades de Ushuaia.
A base na TRIPLICE FRONTEIRA, construída na província de Misiones,  daria aos norte-americanos um potencial controle sobre regiões estratégicas para vários países, incluindo-se aí o aqüífero Guarani e usina hidrelétrica de Itaipu.
base americana em misiones
A segunda base, na região de USHUAIA teria como objetivo o apoio à atividades científicas no continente Antárctico.
Sobre a visita de OBAMA a Casa Branca na época informou que a intenção seria:
“… explorar oportunidades para fortalecer a relação entre os Estados Unidos e Argentina e buscar parceria para enfrentar os desafios globais, como as alterações climáticas e a manutenção da paz”.
Especialistas argentinos, entre eles Elsa Bruzonne, dizem que a intenção dos americanos seria manter toda a América Latina sob seu controle.
Não devemos esquecer que a Antártida é o maior corpo de água doce congelada do mundo.Precisamente nesse setor é onde nós discutimos a soberania Argentina, do Chile e da Grã-Bretanha. Na Península Antártica estão os maiores depósitos de hidrocarbonetos da região e há minerais altamente estratégicos que são essenciais para a indústria militar e aeroespacial. A meta dos Estados Unidos é ganhar o controle de nossos recursos naturais. “


Read more http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2016/05/base-americana-sera-construida-na-triplice-fronteira-em-territorio-argentino.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.