"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sábado, 10 de dezembro de 2016

Delação da Odebrecht: presidente da Câmara recebeu propina

Delação da Odebrecht: presidente da Câmara recebeu propina:

O atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também teria recebido propina no esquema de corrupção montado pela Odebrecht para aprovar Medidas Provisórias que a beneficiaram. Segundo a delação do lobista da empreiteira, Claudio Melo Filho, o deputado do PMDB do Rio recebeu 100 000 reais para a aprovação da MP 613, que tratava de questões tributárias da indústria petroquímica.

Após conseguir o apoio (remunerado em propinas de 7 milhões de reais) no Senado, contando sempre com a ajuda do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e de seu aliado Renan Calheiros (PMDB-AL), Melo Filho foi à Câmara e distribuiu novas comissões aos parlamentares. Segundo o executivo, Rodrigo Maia, o “Botafogo”, embolsou 100 000 reais. e Lúcio Vieira Lima, o “Bitelo”, que presidiu a comissão mista que analisou o texto, recebeu 1 milhão de reais.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.


Arquivado em:Brasil, Política


Anexos originais:

brasil-politica-rodrigo-maia-presidente-camara-dos-deputados1.jpg?quality=70&strip=all

ad516503a11cd5ca435acc9bb6523536?s=96&r=G

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.