"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

domingo, 11 de dezembro de 2016

MORTE DE FILHO DE FUNKEIRA NÃO ERA DA CONTA DO EDITOR, MAS AGORA PASSOU A SER

O Estado Canábico da UNE e do PT aproveitou a morte do filho de "Tati não sei das Quantas", num tiroteio com a PM do RJ, para dizer que a "PM tem que acabar"
Não era minha intenção emitir opinião alguma sobre a morte do filho de ninguém: sei lá quem é a tal "Tati", não sei do seu filho, mas a escória, a ralé comunista da UNE e do PT está usando isso para atacar a PM - aí a coisa é diferente !
É uma pena que a PM do RJ e de todo Brasil seja comandada por Governadores Canalhas e frouxos que, até hoje, não mandaram invadir as Universidades que estes vagabundos da UNE "ocuparam". 
Aguardem, bandidos - a hora de vocês está chegando. 
A morte do filho de Tati Quebra Barraco já serviu para que a UNE tentasse avançar sua agenda de ódio aos policiais.
O órgão fez um tweet dizendo: “A juventude negra quer viver! Não acabou! Tem que acabar! Eu quero o fim da Polícia Militar! Todo o apoio a @quebratati”. Era uma resposta à mensagem de Tati Quebra Barraco.
Esse tipo de narrativa dá a impressão de que a militância pró-PT esteja lançando um “salve” para uma nova ação polícia anti-PM.
Veja o print:
_________________une

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.