"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ESQUERDA VAGABUNDA PETISTA FALANDO EM "ASSÉDIO SEXUAL" DURANTE O CARNAVAL


Num país onde a Infância é como essa na foto, como é possível "assediar sexualmente" uma MULHER durante o Carnaval ??? Ninguém tem vergonha na cara de falar em "assédio sexual" durante uma putaria financiada com dinheiro público, do tráfico de cocaína e do jogo do bicho??

VEJAM A REPORTAGEM PAGA POR ONGS E BLOCOS DE VAGABUNDOS PETISTAS NA BAND MINAS

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 - 15h34 

Atualizado em terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 - 15h34

Blocos fazem campanha contra o assédio sexual

Integrantes de pelo menos 30 blocos de rua na cidade resolveram se mobilizar para combater problema vivido por oito em cada dez mulheres e que se repete com frequência na época do Carnaval

Redação Band Minas 
redacaomg@band.com.br

Com o mote ‘Tira a mão: é hora de dar um basta’, mulheres ligadas a diversos blocos do Carnaval em BH lançaram ontem uma campanha contra o assédio sexual durante a folia na cidade. Pesquisa divulgada pela organização internacional ActionAid, em 2016, mostrou que 86% das brasileiras já sofreram assédio em público, situação que se repete corriqueiramente durante o Carnaval.

A iniciativa da campanha surgiu depois de comentários misóginos em matérias online sobre desfiles de blocos formados apenas por mulheres no pré-Carnaval em BH. “Não queríamos precisar falar sobre isso, mas é necessário. Nós (mulheres) ainda vamos para o Carnaval preocupadas com a roupa, com ir sozinha, beber e por onde andar. A gente quer se divertir sem medo”, comenta Renata Chamilet, uma das organizadoras da campanha. Além de um vídeo e um spot para rádio, foram criados banners da campanha contra o assédio, que podem ser compartilhados pelas redes sociais. O material está disponível no Facebook, na página As Minas do Carnaval de Belô.

Os mais de 30 blocos participantes da iniciativa vão ler o texto da campanha nos trios elétricos antes de seus respectivos desfiles durante o Carnaval e também vão executar uma marchinha composta e interpretada por Brisa Marques, alusiva à campanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.