"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sábado, 18 de março de 2017

EM NOME DE TODO BRASIL - Muito Obrigado ao Sr.Daniel Gouvêa Teixeira.


Prezado Senhor Daniel Teixeira,  

Em nome de todos os brasileiros de bem, gostaria aqui de expressar o agradecimento pela sua coragem e bravura ao enfrentar, SOZINHO, a Legião de Vagabundos do Governo Petista (desde 2012) que estava vendendo carne podre para os brasileiros comerem. Sei, pessoalmente, do tamanho do seu sacrifício e da repercussão na sua vida pessoal, familiar e profissional. 

Estaremos sempre juntos. Muito obrigado. 

Dr. Milton Pires
Médico
Porto Alegre, RS


Fiscal que denunciou esquema de corrupção e pagamento de propina sofreu punições e foi exonerado

Daniel Teixeira, fiscal agropecuário do Paraná, foi o responsável por descortinar o esquema de corrupção e pagamento de propina a fiscais federais e agentes de inspeção, ao fiscalizar o frigorífico Peccin.
Teixeira sofreu uma série de punições de seus superiores por não participar da armação que resultou na prisão de executivos das maiores empresas processadoras de carne animal no país e as revelações sobre a venda de carne imprópria para consumo humano, na Operação Carne Fraca deflagrada nesta sexta-feira (17).
Ao suspender as operações da empresa, Teixeira foi exonerado por Maria do Rocio, chefe do Serviço de Fiscalização da Superintendência Federal de Agricultura e Pecuária do Paraná.
A exoneração foi a pedido do donoda Peccin e contou com a anuência do chefe da Defesa Agropecuária, Charlen Saconatto, e do superintendente Gil Bueno Magalhães.
Daniel Gouvêa Teixeira era lotado na Superintendência Federal da Agricultura no estado do Paraná, como chefe substituto do Serviço de Inspeção de Produtode Origem Animal (Sipoa) e constatou que funcionários do órgão eram transferidos para outras unidades de atuação para atender ao interesse de fiscalizados, sempre “empresas de grande capital”, segundo ele.
Os relatos de Teixeira levaram a PF a iniciar uma série de depoimentos com ex-funcionários das empresas suspeitas, que corroboraram o que havia sido denunciado. O fiscal voltou a ser ouvido em depoimento durante as investigações, ocasião em que revelou o nome de outras empresas suspeitas de irregularidades, como Novilho Nobre, Mastercarnes, Madero e BRF S.A. Informações: O Globo
mudancadeparadigmas.com

Um comentário:

  1. AO DENÚNCIAR ESTOU COLABORANDO PARA LAVA JATO E COM ISSO UM PAIS MELHOR: É POR ISSO QUE O BRASIL ESTÁ DOMINADO PELA CLEPTOCRACIA ENTRE GOVERNO E OS PODERES DE CONTROLE: denúncia contra o pgr Rodrigo Janot.
    EXMO SR(A) DRº(A) PRESIDENTE/MINISTRO(A) DO SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL____________________________ – STF – DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
    PETIÇÃO

    REQUERIDO: PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA O DRº RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS/PGR/MPF.

    MOTIVO: EM DEFESA DOS DIREITOS SÃO IMPUTADOS, AO REQUERIDO, OS CRIMES POR ILEGALIDADES E ABUSO DE PODER ATRAVÉS DA PRÁTICA DE: CORRUPÇÃO, PREVARICAÇÃO, CONDESCENDÊNCIA CRIMINOSA, FORMAÇÃO DE QUADRILHA/BANDO/CONLUIO, CRIME ORGANIZADO E IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA VIA O “MODIS OPERANTIS” DE MANOBRAS LINGUISTICAS, NÃO RESPOSTAS A TODOS OS ARGUMENTOS, NÃO PROCEDER COM A MÍNIMA INVESTIGAÇÃO POR DOCUMENTAÇÃO E OITIVA/DEPOIMENTO DOS CITADOS, SELETIVIDADE DOS FATOS/PROVAS/LEIS e DESVIO DO FOCO DA DENÚNCIA - VISANDO O INDEFERIMENTO/ARQUIVAMENTO DE PEDIDO DE REPRESENTAÇÃO PARA PROPOSITURA DE IDC- INCIDENTE DE DESLOCAMENTO DE COMPETÊNCIA REQUERIDO POR CIDADÃOS BRASILEIROS, POR GRAVES VIOLAÇÕES AOS DIREITOS HUMANOS, EM PLENO DIREITO DE CIDADANIA E CONSTITUCIONAL, COM O AGRAVANTE DE UMA DAS VÍTIMAS TER SIDO IDOSA (82 ANOS), INCAPAZ EM ESTADO VEGETATIVO E A OUTRA PARTE CIDADÃO INVENTOR E EMPREENDEDOR (FILHO), O QUAL REPRESENTA E QUE PAGAM A CONTA DO PAÍS.(RESPALDO PELO ART. 109, PAR. 5ª E JURISPRUDÊNCIA DO STJ SOBRE IDC)
    OBS: O que está por trás: O requerido PGR tenta esconder ou não aparecer ou punir uma máfia/organização criminosa formada por governadores PE, secretários de órgão, administradores públicos, promotores, procuradores, policiais, juízes, defensores públicos, advogados, empresários e os próprios famíliares das vítimas devido à afanação de propriedades intelectuais financiadas pelo erário Federal (2/3) e estadual (1/3), ou sendo mais justo, financiados pela sociedade lesada. Ou seja, não quer decretar/reconhecer a plena FALÊNCIA DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS COMPOSTOS PELO TJPE + MPPE + MPFPE + DP + DPU, no caso em epígrefe, para não processar a FACEPE – Fundação de Amparo a Ciências e Tecnologia de PE, duas empresa privadas de Recife/PE e o FINEP/MCTi- CLARO CORPORATIVISMO OU ACÓRDÃO....... Só ISSO!
    OS FATOS DE GRAVES VIOLAÇÕES AOS DIREITOS HUMANOS DENUNCIADOS E COMETIDOS PELOS AGENTES PÚBLICOS DE PE que ocasionou o pedido do IDC - da GRAVE VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS ao PGR:
    - VULNERABILIDADE JURÍDICA;
    - EXCESSO DE PRAZO;
    - AMEAÇAS DE MORTE ou CONTRA À VIDA;
    -INDÍCIOS DE CRIME POR LATROCÍNIO CONTRA IDOSA INCAPAZ (DIRETO/INDIRETO) e
    - ALIENAÇÃO PARENTAL DE MENOR E COMPRA DE FAMILIARES.

    DA COMPETÊNCIA E DAS LEIS APLICADAS:
    Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
    II - a cidadania;
    III - a dignidade da pessoa humana;
    IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
    Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
    I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
    II - garantir o desenvolvimento nacional;
    III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
    IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

    1-Com base no artigo 102 – b da Constituição Federal do Brasil;
    COMPETE AO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, PRECIPUAMENTE, A GUARDA DA CONSTITUIÇÃO, CABENDO-LHE:
    I- PROCESSAR E JULGAR, ORIGINARIAMENTE:
    b)nas infrações penais, .........e o Procurador-Geral da república;
    Curtir · Responder · 1 · 2 h
    Ailton Ferreira

    Escreva uma resposta...

    Escolher arquivo
    Ailton Ferreira

    Escreva um comentário...
    Escolher arquivo

    ResponderExcluir

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.