"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

domingo, 2 de abril de 2017

ABAIXO ASSINADO PARA DEFENDER OS POLICIAIS DO 41 BPM do RJ


Estamos buscando apoio para os policiais militares que estiveram combatendo o crime organizado e o narcotráfico na favela da pedreira , esses polícias estão sendo massacrados por uma mídia tendenciosa e covarde.Valorizar nossos heróis é o que devemos fazer.
Cb valentim 

Carta para pmerj

HERÓIS DO 41º BPM

Rio de Janeiro, 31 de Março de 2017.

Exmo. Sr.
Luiz Fernando Pezão
Governador do estado do Rio de Janeiro

Nós, abaixo-assinados, Policiais Militares, Policiais Civis, Policiais Federais, Militares e a os cidadãos como um todo, de todas classes, raças, etnias, crenças orientações, enfim todos que estão sentindo-se vilipendiados com toda a violência no Estado do Rio de janeiro, e apoiam e dão as mãos a todos os Policiais, que compartilham da dor e das lágrimas da Perda quase diária de um Policial., viemos requerer de V EX.A que

Que a morte de Policiais seja tratada de forma mais dura, que não seja comparada a de um bandido, que seja abraçada pela comissão de segurança pública e sua família tenha prioridade na comissão de direitos humanos, que os assassinos de policiais sejam caçados e lavados a justiça, com total prioridade sobre as demais ações, pois os mesmos são os garantidores da paz e dão suas vidas pela população, sendo um absurdo que tenham sua cabeça a prêmio.

Ainda que a situação do Cabo Fábio e Sargento Davi, que estão sendo massacrados pela imprensa, pois estão sendo vistos por uma ótica completamente deturpada, onde tenta-se condenar àquele que garantiu sua vida e mais inúmeras de traficantes armados não só de fuzil mas de pistolas, que estavam prontas para serem usadas quando os policiais chegassem, a própria pessoa que grava o vídeo fala que a pessoa está se fingindo de morta. O vídeo mostrado para todo o pais, quiçá o mundo está editado, os traficantes atiram nos policiais, essa parte não aparece. É necessário que o Ministério Público analise com imparcialidade, que a perícia seja feita de forma real, não do modo que a mídia quer.

Tendo tais providências que serem tomadas de forma imediata.
pelos seguintes motivos:

O Rio de Janeiro vive uma verdadeira guerra civil, em 3 meses morrem 46 policiais, um número inimaginável. A polícia do Rio é a que mais morre no mundo, a que enfrenta os criminosos mais bem armados, são verdadeiros exércitos de bandidos, narcotraficantes, assassinos, terroristas, psicopatas, muito bem organizados, e tratados como coitados vitimas do sistema; contra uma polícia tratada com completo descaso, sucateada, pessimamente remunerada, sem condições de trabalho, uma escala cruel, ainda pagando contribuições indevidas em seu contra cheque,
As ruas sangram um “Sangue Azul” dos policiais mortos com o vermelho do cidadão por baixo da farada, com o sangue de inocentes que, esses heróis, dão suas vidas, mas nem sempre consegue evitar que o mal vença.

Hoje o que vê-se nas Ruas do Rio é o Medo, o típico sorriso carioca deu lugar a um olhar de dor, de sofrimento, que incerteza. Onde está cabo Fábio? Onde está sargento Davi? Quem ira nos proteger de traficantes armados de fuzil?

Chega de tanto policial morto, o assassino ficar sem punição;
Chega da inversão de valores;
Chega de impunidade para bandido;
Chega de tudo ser culpa da polícia;
Chega de medo nas ruas;
Que o Cabo Fábio e Sargento Davi sejam reconhecidos como heróis que são;
Que o Sr. Governador não diga apenas não, que NÂO vai se pronunciar, que NÂO tem nada a dizer, pois é hora de NÃO se omitir.

Em razão disso, solicitamos de V EX.A TODO empenho e solução definitiva desta situação INACEITÁVEL .

assine AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.