"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

domingo, 2 de abril de 2017

NINGUÉM quer comentar o que disse Eliana Calmon - SILÊNCIO TOTAL NO BRASIL.


Uma ex-ministra do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) dá uma declaração como esta acima e tudo continua igual - é como se não fosse nada de mais grave...algo natural...algo que faz parte da Democracia. As notícias continuam sendo sobre a crise na Venezuela, no Paraguai...os problemas dos Estados Unidos com a Coréia do Norte...Tudo igual...passa em branco. 


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Laercio Lairelli

A ministra Eliana Calmon recentemente falou para quem quisesse ouvir que a Lava-Jato deve investigar o Supremo Tribunal Federal. Disse que na Bahia ninguém consegue ganhar processo nos tribunais em que a Odebrechet é parte. Se ela tem razão não sei, mas que a oportunidade é boa, para investigar, isso lá é verdade;

O juiz Sérgio Moro escancarou a porta do disparate assalto aos dinheiros públicos em busca da reforma e o retorno da seriedade no Brasil. Os desígnios que o levaram à essa realidade são fortes. Por exemplo: desorganizar o crime organizado.

Moro conquistou a felicidade de ter ao seu lado, para investigar os corruptos, a Procuradoria do Ministério Público Federal composta por procuradores que se empenharam nesta tarefa,  corajosamente com o intuito  de limpar a sujeira de políticos desafinados com a seriedade parlamentar. Teve a sua mercê também o apetite da determinação destinatária da manutenção da ordem, da Policia Federal. 

Esse conjunto de desejos e ideias deve continuar. Se a ministra Eliana Calmon, destemida e corajosa também, insinua que se deve investigar a parte podre do judiciário, é por que existe uma parte podre no judiciário.

Onde há fumaça, é sinal que já houve fogo! É necessário beatificar esta invetigação!

Atenção: As autoridades constituídas devem tomar atitudes para desarrumar o conchavo de comunistas que irão tumultuar o procedimento criminal, quanto ao depoimento do lula da silva em Curitiba, no dia 3/5/17, perante a jurisdição do magistrado Sergio Moro.

Acordem enquanto é tempo! Evitem uma guerra civil e tomada do poder, organizada pelos fanáticos da facção da ignorância comunista!


Laercio Laurelli – desembargador aposentado (“caput” do artigo 59 do Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) – professor de Direito Penal e Processo Penal – articulista – jurista – Patriota.

4 comentários:

  1. Hoje, ao ler esse dilúvio da síntese dos fatos históricos da pseuda ditadura militar, e comparando com o que vejo e estou passando com uma tremenda, persistente e dura perseguição no meu estado de Pernambuco do Brasil, sei agora o que é realmente tempo de ditadura de esquerda comunista. Hoje os ditadores estão protegido ou atacam com os seus vestimentos de juízes, promotores, procuradores, policiais, procurador geral da República, defensores e de políticos armados até à mente e utilizando-se de uma simples caneta ou teclado ou de um leve sorriso ou um balançar de cabeça para que o descalabro individual ou coletivo contra os cidadãos aconteça via à duas maiores armas da DITADURA MODERNA: À CORRUPÇÃO E A IMPUNIDADE POR CORPORATIVO. isso vem ocorrendo comigo e à finada mãe em Recife Pernambuco devido à roubo de propriedade intelectual der certo via à FACEPE, FINEP E ÀS EMPRESAS CALTECH E 5IT desde 2010.

    ResponderExcluir
  2. Hoje isso já vêm ocorrendo na justiça de Pernambuco TJPE de ações contra o governo de Pernambuco e de alguns protegidos pelo crime organizado, desde à era do Eduardo Campos. Aparelhamento do aparato de justiça

    ResponderExcluir
  3. Eu coloquei nos meus comentários e no meu blog, essa declaração da ex-ministra Eliana Calmon do STJ), quando ela falou para todo o brasil que "o STF estava cheio de bandidos de togas". O interessante que na época dessa declaração dela o STF ficou caladinho, por que hem? Será que ela está errada? Eu acho que não, só nos lembrarmos do julgamento do Mensalão, quando houve um tremendo ataque do STF contra o ex-ministro Joaquim Barbosa, mas ele teve garra e enfrentou, esses ministro que a ex-ministra Eliana Calmon se referiu, os bandidos de toga e colocou muitos bandidos de colarinho branco na cadeia.

    ResponderExcluir
  4. No momento me reservo a não comentar em respeito aos comentários que já diz tudo! Porém, cabe ressaltar a alguém que comentou que estamos em uma ditadura de esquerda comunista, sugiro que se informe mais sobre este assunto, porque, o que está no poder atual depois do impeachment da Ex-presidente Dilma é uma extrema direita fascista e retrógrada que veio minando a democracia desde meados do governo do ex-presidente Lula! Foram preparando o caminho, amaciando por meio de propagandas enganosas, da manipulação ideológica, da lavagem cerebral da massa instigando-a a apoiar o retrocesso que viria por aí, ou seja, nada é realizado sem a massa, mas ela pode ser manipulada e de muita utilidade para os mau intencionados! Deu no que deu!

    ResponderExcluir

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.