"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 7 de abril de 2017

POLÍBIO BRAGA - Opínião - O caso da juíza gaúcha vai para o Conselho Nacional de Justiça


Opínião - O caso da juíza gaúcha vai para o Conselho Nacional de Justiça:
A juíza gaúcha do Trabalho, Valdete Soares, vai responder ao Conselho Nacional de Justiça pelos termos do artigo "Fora Temer", que assinou hoje no jornal Zero Hora (leia a seguir).
O artigo é uma catilinária furiosa contra o governo Temer.
A juíza já tinha se notabilizado ao proibir o governo Sartori de levar adiante o desmonte de cinco Fundações.
Ela violou o que preceitua o artigo 35 da Lei Orgânica da Magistratura (Loman), ou seja, manter conduta irrepreensível na vida pública e particular. Os juízes são proibidos de dedicar-se à atividade político-partidária, de acordo com o artigo 95, parágrafo único, inciso III da Constituição Federal. Isso não significa que não podem opinar sobre questões políticas e partidárias. No entanto, ao atacar furiosamente o presidente Temer e o seu governo, a magistrado imiscuiu-se na política brasileira de maneira claramente oposicionista.
A ocorrência resultará em censura ou penalização ainda mas grave.

Postado por Polibio Braga

NOTA DO EDITOR DO ATAQUE ABERTO:

Não é só ela...tem outros lá: mais cedo ou mais tarde a hora deles vai chegar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.