"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Delegado da PF que investigava morte do ministro Teori Zavascki foi assassinado em Santa Catarina

Delegado da PF que investigava morte do ministro Teori Zavascki foi assassinado em Santa Catarina:

A PF informou que as vítimas estavam na cidade de Florianópolis (SC) para participar de um curso

De acordo com o jornal “Zero Hora”,  Adriano Antonio Soares estava acompanhado de outro policial federal e ambos foram baleados após um ‘suposto’ desentendimento em uma casa noturna.
Adriano era chefe da PF em Angra dos Reis e estava na corporação desde 1999.
O delegado era designado para investigar a morte do ministro Teori Zavascki (STF), morto em janeiro num acidente de avião em Paraty-RJ.
Elias Escobar, que chefiou a PF em Niterói e Volta Redonda, acompanhava Adriano no momento e também foi baleado e morto.
Segundo a PM, a ocorrência ocorreu perto das 2 horas da madrugada […] uma terceira pessoa também foi atingida pelo tiroteio e está internada em estado grave.
A Polícia Civil, juntamente com a Polícia Federal, irá investigar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.