"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sábado, 27 de maio de 2017

RALÉ DA CLASSE ARTÍSTICA FINANCIADA PELO PT CONVOCA O BRASIL PARA O CAOS NO RIO DE JANEIRO NO DIA 28 DE MAIO.



Desesperados com o Fim do Regime Petista no Brasil, Caetano, Criolo e Mano Brown fazem show gratuito pelas 'Diretas Já' para esconder que querem a Volta de Lula.

Evento ainda vai contar com Mart'nália, Otto, Pretinho da Serrinha e Teresa Cristina


por Diário de Pernambuco 24/05/2017 13:25
O protesto está marcado para o próximo domingo, 28, na Praia da Copacabana, no Rio de Janeiro, a partir das 11h. (foto: Caroline Bittencourt, Marcos Hermes, Luiz Fabiano/Divulgação e YouTube/Reprodução)

Artistas de todo o Brasil se reunirão em um evento convocando a população para pedir novas eleições diretas para presidente da República. O protesto está marcado para o próximo domingo, 28, na Praia da Copacabana, no Rio de Janeiro, a partir das 11h. Otto, Caetano Veloso, Mart'nália, Mano Brown, Criolo, Maria Gadu e Pretinho da Serrinha são alguns dos nomes confirmados no evento. 

Os primeiros a subir ao palco são os integrantes do bloco Cordão da Bola Preta, às 13h. Em seguida, às 14h, haverá uma apresentação comandada por Pretinho da Serrinha com Teresa Cristina, Mosquito Mqt, o pernambucano Otto e Mart'nália. Às 16h, é a vez de Caetano Veloso, Criolo, Mano Brown, Maria Gadu e Pedro Luís. Para encerrar o evento, a partir das 17h30, DigitalDubs e BNegão. 

Alguns artistas que apoiaram o senador Aécio Neves nas eleições de 2014, como Marcio Garcia, Marcelo Madureira e Marcelo Serrado, mostraram arrependimento após a revelação da delação de Joesley Batista, empresário do grupo JBS. ''Vocês não imaginam o tamanho da minha decepção, da minha desilusão política. Eu fui iludido, fui enganado, eu gostaria de estar completamente equivocado, pra mim é chocante ver o candidato que eu apoiei estar envolvido nessas negociatas em plena vigência das investigações'', afirmou Marcelo Madureira. 

''Só agora a ficha caiu... E esta é a minha sensação: rasgaram o nosso país! Que vergonha pra todos nós. Acho que neste momento não há um único brasileiro orgulhoso... Muito menos do seu voto pra Presidente! Nenhum!'', apontou Marcio Garcia. Já o ator Marcelo Serrado se disse a favor das eleições diretas: ''Não me arrependo de forma alguma de ter ido para as ruas pedir o impeachment da Dilma [Rousseff]. Não me iludo achando que o problema era ela. Não sou a favor do Temer, mas sim a favor das diretas já''.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.