"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Temer reconhece que usou avião particular para viagem em família e que não sabia quem era o dono

Temer reconhece que usou avião particular para viagem em família e que não sabia quem era o dono:

Temer reconhece que usou avião particular para viagem em família e que não sabia quem era o dono
O presidente Michel Temer confirmou, por meio de nota, que utilizou um avião particular para ir de São Paulo para Comandatuba, no dia 12 de janeiro de 2011, com a família. Ainda no dia 12, Temer voou para Brasília na mesma aeronave.

A família retornou de Comandatuba no dia 14 de janeiro utilizando o mesmo avião.

Leia mais:
Cerco ao Planalto vai além do julgamento no TSE
Veja quais são as 82 perguntas que a Polícia Federal fez a Michel Temer
Temer cria novo "núcleo duro" no Planalto contra a crise política


Na época Temer era vice-presidente da República. O presidente confirma que não pagou pelo serviço e que não sabia de quem era o avião utilizado.

Joesley Batista contou à Procuradoria Geral da República que Temer utilizou a aeronave pertencente ao grupo J&F para viagens particulares, reforçando o vínculo entre o empresário e Temer. O presidente tem dito que não tem uma relação de intimidade com Joesley.

Leia a íntegra da nota do Planalto: 

O então vice-presidente Michel Temer utilizou aeronave particular no dia 12 de janeiro de 2011 para levar sua família de São Paulo a Comandatuba, deslocando-se em seguida a Brasília, onde manteve agenda normal no gabinete. A família retornou a São Paulo no dia 14, usando o mesmo meio de transporte. O vice-presidente não sabia a quem pertencia a aeronave e não fez pagamento pelo serviço.

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.