"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

terça-feira, 11 de julho de 2017

ESTELIONATÁRIAS COMUNISTAS QUERIAM EVITAR O FIM DO IMPOSTO SINDICAL - POR ISSO TOMARAM A MESA DO SENADO



A senadora de extrema-esquerda Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que ela e as demais senadoras permanecerão ocupando a mesa do plenário, onde fica a cadeira do presidente, até que um destaque apresentado pelo petismo para alterar a proposta de reforma trabalhista seja analisado em plenário.

Oficialmente, elas querem aprovar um dos destaques, principalmente o que se refere ao direito da mulher grávida e lactante, no entanto o ponto nevrálgico da lei é o fim do imposto sindical obrigatório que, caso aprovado, cessaria o financiamento de grupos que apoiam o PT e seus partido satélites.

Do lado de fora, diversos grupos e entidades sindicais apoiam a ação das senadoras e aguardam o desenrolar da votação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.