"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

POLÍBIO BRAGA - Luciana Genro e Beto Albuquerque são denunciados por peculato e podem ir para a cadeia

Luciana Genro e Beto Albuquerque são denunciados por peculato e podem ir para a cadeia:

O Ministério Público Federal (MPF) confirmou, na terça-feira, a denúncia contra 72 ex-deputados ligados ao escândalo conhecido como "farra das passagens aéreas". Entre os envolvidos cujos nomes constam em pelo menos um dos 28 inquéritos estão dois gaúchos: Beto Albuquerque (PSB) e Luciana Genro (PSOL), que gastaram, juntos, R$ 241,6 mil em viagens de avião de 2007 a 2009.  Todos foram denunciados pelo crime de peculato, quando um servidor se apropria de dinheiro público para seu proveito ou de outra pessoa. A denúncia original, apresentada em novembro do ano passado, envolvia 443 políticos, dos quais 380 não tinham foro privilegiado. Desses, 302 deixaram de responder à ação penal, por prescrição da pena ou ausência de indícios de apropriação indevida de verba da Câmara. É o caso de 11 gaúchos: Alceu Collares, Cezar Schirmer, Cláudio Castanheira Diaz, Enio Bacci, Érico da Silva Ribeiro, Fernando Marroni, Francisco Turra, Germano Bonow, Manuela D'Ávila, Matteo Rota Chiarelli, Nelson Proença, Orlando Desconsi, Paulo Roberto Manoel Pereira, Tarcísio Zimmermann, Vieira da Cunha e Vilson Covatti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.