"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

terça-feira, 12 de setembro de 2017

12 de Setembro de 1297: Assinatura do Tratado de Alcanises entre D. Dinis e Fernando IV de Leão e Castela, fixa os limites geográficos de Portugal

tratado+de+alcanises.jpgFicheiro:Dinis-P.jpg
12 de Setembro de 1297: Assinatura do Tratado de Alcanises entre D. Dinis e Fernando IV de Leão e Castela, fixa os limites geográficos de Portugal:

Tratado de paz celebrado entre os reinos de Portugal e de Castela, firmado a 12 de setembro de 1297 por D. Dinis, rei de Portugal, e Fernando IV rei de Leão e Castela, e sua mãe Maria de Molina, na povoação leonesa-castelhana que lhe deu o nome (Alcanises), próximo de Miranda do Douro. O tratado definiu os limites do território continental português, que não tiveram alteração posterior,  exceptuando a perda de Olivença em 1801.
Este tratado visou três aspectos fundamentais: 

- o tratado fixou definitivamente os limites, as fronteiras entre Portugal e Castela, 

- D. Dinis ficou com as suas praças de Riba-Côa, Olivença, Campo Maior, Ouguela, Moura e Serpa, e Castela com Aroche, Aracena, Valência, Ferrera, Esparregal e Ayamonte, 

- do tratado fazia parte uma aliança de casamento em que Fernando IV casaria com D. Constança, filha de D. Dinis, e D. Beatriz, irmã de Fernando IV, com D. Afonso, príncipe herdeiro de Portugal.

Por fim há a assinalar o acordo eclesiástico, pois havia que atender aos problemas derivados do facto de alguns lugares da região estarem situados em território português e ao mesmo tempo pertencer a uma circunscrição eclesiástica castelhana e vice-versa.

Dionisius Rex - Documentos de D. Dinis na Torre do Tombo
Wikipedia (Imagens)


D. Dinis
File:Grabado que representa a Fernando IV el Emplazado.jpg
Fernando IV de Castela

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.