"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quinta-feira, 12 de julho de 2018

POLÍBIO BRAGA - Professora lulopetista da UnB diz sobre o TRF4: "O cabaré pegou fogo !"

Professora lulopetista da UnB diz sobre o TRF4: "O cabaré pegou fogo !":

terrefe.jpg

Outro lulopetista reduz o Poder Judiciário à figura de Moro e insulta os desembargadores do TRF4.

Beatriz Vargas Ramos é formada em direito pela UFMG e é professora de direito penal e criminologia na graduação e na pós-graduação da Faculdade de Direito da UnB desde junho de 2009. É autora de artigos e trabalhos de pesquisa no campo da criminologia e do direito penal. Em artigo hoje publicado ela usa raciocínio e palavras recheados de radicalismo ideológico extremo e insultuoso, sem abrir margem para o diálogo democrático:

- O terrefê-4 não ia correr tanto para prender Lula antes das eleições, para deixar que um "desembargador petista" pudesse soltá-lo por um dia que fosse. O terrefê-4 só autoriza o cumprimento de decisão de juiz anti-petista. O terrefê-4 se tornou um tribunal tão "politizado" que o regimento interno e a lei processual já foram às favas há muito tempo. As ações sobre a constitucionalidade do art. 283 do Código de Processo Penal dormem nas prateleiras do STF Como diz meu primo, "o cabaré pegou fogo"!

CLIQUE AQUI para ler todo o artigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.