"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quinta-feira, 24 de março de 2016

O ANTAGONISTA - O "AMICO" PETISTA

O "amico" petista


Lula deve ter conversado sobre asilo com o eterno comunista Massimo d'Alema, ex-primeiro-ministro italiano, amigo de petistas.
Massimo d'Alema quis melar a Operação Mãos Limpas quando ela começou a desvendar os esquemas do PCI, depois extinto. Chamava ironicamente a força-tarefa comandada por Antonio di Pietro de "Soviete de Milão".
Massimo d'Alema foi acusado de receber financiamento ilegal, propina e beneficiar-se de operações imobiliárias fraudulentas.
Vê-se por que ele gosta do PT e o PT gosta dele.
NOTA DO EDITOR
Segundo a Wikipedia - Massimo d'Alema (Roma,20 de abril de 1949) é jornalista e político italiano.
Foi militante do PCI desde sua juventude e acompanhou o partido em sua metamorfose social-democrata e neoliberal. Como primeiro-ministro daItália, de 1998 a 2000, participou do ataque militar orquestrado pelo governonorte-americano à ex-República Federal da Jugoslávia. Foi tambémministro dos Negócios Estrangeiros do governo deRomano Prodi, entre 17 de maio de 2006 e 8 de maiode 2008. Desde 14 de outubro 2007 é um dos expoentes do Partido Democrático.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.