"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

QUADRILHA PETISTA DA ÁREA DA SAÚDE QUE ROUBAVA NA UFRGS INDICIADA PELA PF. MARGINAIS QUE ROUBAVAM NO GHC AINDA EM LIBERDADE

12 dezembro 2016 - 19:01

Indiciadas oito pessoas por desvio de quase R$ 6 milhões em bolsas de estudo na Ufrgs

Na semana passada, PF havia prendido seis pessoas, incluindo quatro professores

A Polícia Federal indiciou oito pessoas por envolvimento em um esquema de desvio de recursos de programas federais de incentivo à pesquisa na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), especialmente do Projeto SUS Educador. A fraude apurada consistia na inclusão de bolsistas sem qualquer vínculo com a Ufrgs para recebimento de bolsas nos valores de até R$ 6,2 mil.
Na semana passada, a PF havia prendido seis pessoas, incluindo quatro professores – três concursados da própria Ufrgs e um da Unisinos em meio a Operação PhD. O delegado Aldronei Rodrigues explicou que as investigações retrocedem a 2013, e estima que muitos alunos acabaram impedidos de ingressar em algum dos cursos de pós-graduação, em função da fraude, nesses últimos anos.
A PF informou que os valores eram repassados, em parte ou até mesmo na íntegra, para coordenadores dos programas. Também eram custeados pagamentos de diárias e Recibo de Pagamento Autônomo (RPAs) indevidos, além de outras despesas, para pessoas indicadas pelos investigados. O investigação, inclusive, estima que a fraude também transcenda o estado do Rio Grande do Sul, podendo ocorrer em outras universidades.
O valor dos projetos investigados é de R$ 99 milhões e a quantia desviada apurada, até o momento, é de aproximadamente R$ 5,8 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.