"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Agente de plástico toma conta de guarita na sede da PF do Rio

Boneco é improvisado como vigilante no estacionamento do prédio da instituição na Zona Portuária do Rio

Por Da Redação
27 jan 2017, 15h31 - Atualizado em 27 jan 2017, 16h33



Repórter grava reportagem na sede da PF tendo ao fundo o boneco vigilante (Globonews/Reprodução)

É tanto agente nas ruas do Rio atrás do empresário “fujão” Eike Batista que a Polícia Federal improvisou um novo “funcionário” para guardar a sede da corporação. A sentinela na guarita do estacionamento da instituição na Zona Portuária do Rio é um boneco. O artifício é usado para tentar enganar aqueles que pensam em invadir o local.

Eike foi o alvo principal da mais recente fase da Lava Jato no Rio, batizada de Operação Eficiência. Ele é suspeito de ter repassado dinheiro ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) por meio de contas no exterior. Durante a operação na quinta-feira, os policiais não encontraram o empresário em sua residência na Zona Sul do Rio. De acordo com a PF, o empresário viajou para os Estados Unidos dois dias antes da ação. Ele é considerado foragido e seu nome está da lista da Interpol.

REVISTA VEJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.