"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sábado, 14 de janeiro de 2017

Rebelião em maior presídio do Rio Grande do Norte tem mortes

Rebelião em maior presídio do Rio Grande do Norte tem mortes:

Os detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, cidade vizinha a Natal, estão rebelados desde a tarde deste sábado. Maior penitenciária do Rio Grande do Norte, Alcaçuz tem cerca de 1.150 presos em um espaço com capacidade total para 620. Segundo a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte Vilma Batista há registro de mortes durante a rebelião, mas não é possível precisar quantas.

O motim começou por volta das 16h30 e ainda não foi controlado pelas autoridades estaduais. Os presos teriam invadido o pavilhão 1 e o 5. O pavilhão 5 é uma unidade separada e que faz parte do Complexo de Alcaçuz. Atuam no Rio Grande do Norte, além do Primeiro Comando da Capital (PCC), o Sindicato do Crime do RN, rival do grupo paulista e mais próximo da Família do Norte e Comando Vermelho. A ação teria sido causada por uma briga entre as facções PCC e Sindicato do Crime.



Em Alcaçuz, segundo fonte ouvida pelo jornal O Estado de S.Paulo, os pavilhões 1,2,3 e 4 são dominados pelo Sindicato do Crime RN e o 5 encontra-se com presos com algum tipo de ligação o PCC.

(Com Estadão Conteúdo)



Arquivado em:Brasil


Anexos originais:
alca1.jpg?quality=70&strip=all
ad516503a11cd5ca435acc9bb6523536?s=96&r=G

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.