"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

segunda-feira, 3 de julho de 2017

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DO STF PREPARA-SE PARA SOLTAR O BANDIDO PETISTA ANTÔNIO PALOCCI

Fachin decide levar a plenário um segundo pedido de Palocci por liberdade Ministro do STF atende solicitação da Procuradoria para evitar 'dissenso' com primeiro requerimento da defesa.

Breno Pires, O Estado de S.Paulo

03 Julho 2017 | 21h10

BRASÍLIA - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu enviar para votação no plenário da Corte uma outra ação em que o ex-ministro Antonio Palocci pede liberdade. O ministro já havia decidido, há 2 meses, que um habeas corpus apresentado pela defesa de Palocci será julgado pelos 11 ministros da Corte — o que ainda não ocorreu.

Ex-ministro Antônio Palocci é encaminhado à sede da Superintendência da Polícia Federal, em setembro de 2016 Foto: Gisele Pimenta/Framephoto

Nesse segundo pedido de Palocci, a defesa do ex-ministro questiona a decisão do juiz Sérgio Moro, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, e pede acesso aos conteúdos das investigações contra ele. A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou, em seguida, pedindo que o caso seja julgado no plenário, como o primeiro. Fachin concordou.

"Em razão da coincidência parcial das matérias, a fim de evitar dissensos entre pronunciamentos da Corte, nos termos do art. 6°, II, “c”, c/c art. 21, I e XI, ambos do RISTF, acolho o pleito ministerial e submeto o agravo regimental ao crivo do Plenário", diz Fachin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.